The End.

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011 18:20 Postado por friend's blog *-*


é sempre uma merda como tudo acontece né? parece que tá na hora errada, parece que só tem que acontecer com os outros, uns rezam para o fim, o fim de um ano, o fim de um dia, o fim de um relacionamento, o fim de algo que os prende ,os define e os paralisa, alguns jovens como nós rezam para os dias passarem cada vez mais rápido, para virarem adultos, para que ninguém mais precise mandar neles, mas ai vem a pior parte tudo que nós fazemos aqui e agora na nossa adolescência na nossa juventude serão as coisas que serão lembradas pra sempre é quando nós descobrimos coisas novas, é quando você confia e ama as pessoas como se elas fossem tudo na nossa vida, nunca nada tem o mesmo valor que tem na nossa infância e juventude, ao ficarmos velhos doenças surgem, o raciocínio fica mais lento, a massa corpórea se enche de rugas e você acaba querendo ou não um dia ficando flacida, mais fria , mais cansada de tanto apanhar da vida,fica  feia e velha, e a parte dos mais velhos brigarem e gritarem conosco não é nada, porque eles são nossos parentes e fazem isso para o nosso bem, não é como um patrão que grita com você e você nem se quer tem o direito de dar nossos argumentos, eu não falo isso como a pessoa que já viveu muito nessa vida, eu falo como alguem que viveu o mesmo ou até mesmo menos que vocês, só que aprendeu muito, que dá valor a cada momento, que acabou aprendendo com a perda e o sofrimento coisas que seriam impossíveis de aprender sem eles, hoje eu não fico mais mal por simplismente uma pessoa que gosto que se afasta, é ruim? é, mas se aconteceu era porque tinha que acontecer,é porque aquela pessoa não era sua, e talvez tenha encontrado algo melhor que você, que eu ,que nós, os outros não são nossos e nós não controlamos quando elas irão,elas simplismente se vão,só não deixem eles irem sem saber o quanto são importantes,amados e necessarios,mas é assim eles nos deixam, elas não avisam, alguns vão pra sempre e nos olham do lugar onde está, outros se vão e voltam com falta  do nosso cheiro, é a gravidade da vida que faz isso, são altos e baixos, é como o oxigênio ele é a coisa que nos matem vivos e que ao mesmo tempo no mata aos poucos, sempre são as coisas necessárias que nos matam, sempre.

1 Response to "The End."

  1. "BB" Says:

    Falou e disse tudo! Sinto a mesma coisa e afirmo cada detalhe... Mas oque me deixa mais pra baixo disso tudo, é ver que todos insistem em complicar oque é simples... oque não tem necessidade de complicação... parece até que preferem sofrer, doque se entregar e ser feliz com quem ama... Mas... fazer oque né? Bola pra frente...

    A propósito... coloquei um link direto pro seu blog no meu tá... gostei muito dele. Té +

Postar um comentário